Introdução

O Simple Network Management Protocol já é bem conhecido da maioria dos Administradores de Rede. O SNMP é utilizado para coletar informações relevantes, tais como utilização de recursos, quantidade de tráfego, tempo de atividade, entre outros diversos parâmetros. Para facilitar, um sistema de monitoramento é utilizado para coletar as informações através de SNMP, a exemplo do Dude, PRTG e Zabbix. Estas informações nos auxiliam muito na resolução de algum problema e também no planejamento para a tomada de decisões.

O protocolo SNMP é aberto, definido nas RFCs 1157, 3414 e 3416, e suportado pelo integralmente no RouterOS. O protocolo utiliza as portas UDP 161 e 162. As configurações de SNMP se encontram através do menu IP > SNMP.

 

Configuração

A configuração do SNMP no RouterOS é muito simples. Basta habilitar o checkbox “Enabled”, e definir as opções de community e versão. A community padrão do protocolo SNMP é definida como “public”, e para não ativarmos nada que seja altamente conhecido, sugerimos que uma nova community seja criada. Podem caprichar na utilização de caracteres especiais, variar entre números, e letras maiúsculas e minúsculas.

A escolha da versão depende da implementação que o sistema de monitoramento estará utilizando. A versão 2 do SNMP é a mais utilizada, mas pode-se usar a versão 3, que contempla autenticação e encriptação.

Informações adicionais de contato e localização também podem ser preenchidas sem problema algum.

 

Segurança

É imprescindível que as consultas SNMP sejam restritas a um IP ou uma range, para evitar que qualquer dispositivo na Internet possa consultar informações e também utilizar o protocolo para um ataque de DDoS.

Através do campo “Addresses”, informamos quais IPs ou redes podem realizar consultas SNMP no dispositivo em questão.

A recomendação é que jamais o SNMP esteja habilitado sem restrição alguma (0.0.0.0/0), e com informações de fácil descoberta. Portanto, para começarmos a trabalhar com SNMP no RouterOS, lembrem-se:

  • Configure uma community diferente da padrão “public”;
  • Especifique IPs ou redes que possam realizar consultas SNMP.

Até a próxima!

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.